Dia 18 de dezembro e o Madame K completa três anos, o que significa muito para mim. A ideia pintou num caruru de Santa Bárbara, na casa de minha irmã mais velha, Bárbara, em 2006. Uma sugestão de Márcio Matos, do Cova Rasa. Até então, eu não sabia nada de blog. Fui pegando o jeito na prática,…

A balada da balada 3

Revi ainda amigos do coração da vida inteira (Franklin Carvalho, com Adauto, Linda Bezerra, com Terê, Adalberto Carvalho e José Eduardo Matos Franco, com Tom). As minhas duas irmãs queridas, Bárbara e Paula Lice. As duas sobrinhas lindas, Mariana e Júlia. O ator Rafael Medrado, namorado de Mari, que chegou mais tarde. O cunhado querido, Marcelo Sousa. Érica, presença essencial, e suas irmãs (Lêda, Sônia,…

Quanto custa?

Mercedes Sosa está morta. E não vi o show dela no TCA. Os ingressos estavam caros para mim na época. Não sou de pedir convites à produção. De última, fui tentar comprar e já estavam esgotados. Um dia triste em meu coração. Abaixo, uma das canções de que mais gosto na voz dela, composta por…

Esboço

  De bonito, Danúbio já  tinha o nome, dado pelo médico assim que botou a cara no mundo e abriu os olhos. Eram uns olhos muito azuis, e mais azuis ainda em contraste com a pele, muito negra. A mãe aceitou aquele nome sem conversa, por respeito e timidez. Sem pais, sem pai, filho repentino…

Zii e zie

Aqui, vocês ouvem todas as faixas do novo disco de Caetano.

Senhor Cidadão (Tom Zé)

Senhor cidadão, Me diga, por quê você anda tão triste? Não pode ter nenhum amigo, senhor cidadão, na briga eterna do teu mundo, senhor cidadão, tem que ferir ou ser ferido, senhor cidadão, que vida amarga Oh, senhor cidadão, eu quero saber, com quantos quilos de medo, se faz uma tradição? Oh, senhor cidadão, eu…

SPECTOR

Clarice, “se eu fosse eu” não faz sentido. É como se eu pudesse ser alguém. Pois nem ser eu sei ser, quanto mais quem houvesse além de si haver havido.   Melhor deixar aquém o ser contido e se deixar além de todo além. Há muito que essa vida não faz bem a quem vive…

O jacaré e o Bahia

Ari Coelho questionou se Saborosa era mesmo marca de cerveja ou cachaça. Lendo o romance “Rosália Roseiral”, de Maria Guimarães Sampaio, vi que a protagonista cita justamente a Saborosa numa das falas. Ela diz: “Você não conheceu o Jacaré…a garrafa de Saborosa, tremendamente iluminados! Beleza!”. O jacaré era o símbolo da marca. Tinha até um…

Retrospectiva de mim

Fiquei besta ao ver que no dia 18 o “Madame” completa dois anos de poesia e papo furado. Desde o episódio da conjuntivite, tenho postado bem menos para poupar os olhos, que já ficam grudados no monitor o dia inteiro. Aí, deixo passar coisas bacanas que leio nos vizinhos e que queria comentar. A bela…