A balada da balada 2

Muitos artistas visuais também estiveram na Tom do Saber. Foram festejar Maxim Malhado, quase tão nervoso quanto eu. Valéria Simões, Zuarte, Edgard Oliva… E os colegas de jornalismo, de agora e de sempre. A galera da revista Muito (Nadja Vladi e Priscila Lolata, Ronaldo Jacobina, Marcos Dias, Tatiana Mendonça, Katherine Funke) e do jornal (Ranulfo Bocayuva, Florisvaldo Mattos, Iloma Sales, Patrícia Moreira, Regina de Sá, Josélia Ribeiro). Lucy Bruni e Agnes Cardoso, que conheci no primeiro estágio profissional da vida, na Rádio Educadora. Minha homônima Kátia Borges, do Crear. O músico Tuzé de Abreu. Devo estar esquecendo alguém, peço desculpas.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. kátia borges (Crear) disse:

    Kátia,

    Só lamento duas coisa: não ter podido ficar para ver alguns amigos em comum (a exemplo de Maria Sampaio) para poder prestigiar o evento com maior intensidade e não entender completamente sua dedicatória. Mas me dou por satisfeita pelos poemas, esses sim, me tocam a alma. Grata pela referência no evento.
    Vida longa à balada de Janis e que venham outros filhos.

    Bjs de axé!
    É sobre seu comentário, feito aqui, em relação ao Roteiro da Poesia Brasileira Anos 2000. BJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s