Sim, talvez seja uma balada para Janis. Em novembro. No meio do redemoinho em que tudo se transformou. “O vento veio, passou por mim, senti na pele”. Tanta tensão que preciso ficar atenta. Guardo as palavras com calma dentro de uma sacola imaginária. Aguardo. A dama observa. Aguardo. Com a calma de quem já teve pressa.

Anúncios