Surgiu num papo com minha irmã, Bárbara. Ela disse que a cor dos cabelos a tornava menos forte, uma loira frágil.  Achei o título bom para romance policial. Estou lendo um livro incrível, “E os hipopótamos foram cozidos em seus tanques”, escrito na década de 40, a quatro mãos, por Jack Kerouac e William Burroughs. É trabalho e prazer misturados, como deve ser. Kerouac sempre  dá coceira de escrever. Fez um estrago danado na minha vida ler “On the road”. Mas batizar qualquer coisa é uma arte. Considero Lima Trindade um dos melhores nisso. Basta lembrar essa pérola devidamente editada:  “Todo sol mais o espírito santo”. E a capa casa lindamente com o título.

Sem título-9

Gosto ainda de “O amor é uma coisa feia”, de Gustavo Rios.  Título e arte de capa amarrados numa proposta só ao bom texto do autor.  Não sei quem fez as duas capas que cito aqui, não temos uma tradição nessa área.

capa livro

O poeta Luís Antonio Cajazeira Ramos também cuida muito bem de suas edições. “Mais que sempre”, por exemplo, tem uma capa bem clean, o que só favorece a arte de Vauluizo Bezerra.

LAconvite1

Em poesia, merece registro especial o livro “Entre o alho e o sal”, de Lupeu Lacerda, que pretendo comentar aqui mais longamente. Um belo trabalho gráfico envolve a poesia de Lacerda, de forma absolutamente harmônica, conectado ao texto e ao universo do autor.

caalupa

Mas, e a loira frágil? Andei espiando o meu “De volta à caixa de abelhas”, que teve o auxílio luxuoso de Gentil na capa. Acho que mudaria umas coisas nela. Gosto da foto antiga, mas  traduz uma fragilidade… Meu novo livro, ainda sem editora ou previsão de lançamento, tem foto de Maria Guimarães Sampaio na capa. É bem bonita, mais forte.

imagem

Outro dia, conversando com Maria, ela contou sobre as idas e vindas da capa de “Rosália Roseiral”, seu romance, que chegou a sair com duas capas (veja abaixo, a segunda é muitíssimo melhor).

imagem2

rosalia-capa1

E, por fim, fiquei encantada com o trabalho gráfico do livro de uma loira bem forte. Falo de Renata Belmonte e do “Vestígios da Senhorita B”, que envolve blog, vídeo e uma publicação lindamente  “envelopada” .

capa livro renata belmonte

Anúncios