Surpresas

Surpresas boas ontem no meio e no fim do expediente. Adal e Ivonita vieram ao jornal divulgar a programação de Natal da Cidade da Criança. Conversamos pouco, mas é sempre bacana ver meu amigo. Perto das 16 horas, a menina da recepção telefonou pro meu ramal e avisou que minha irmã Paula e minhas duas…

Esses dois

Um dia, inesperadamente, me entregam um pacote na portaria do jornal. Um livro enviado de Sampa. “Janis Joplin: Uma vida, uma época”, de Alice Echols. Presente de Franklin Albuquerque, que eu não via há um tempão. Nos conhecemos em 1989, no teatro, e pertencemos a uma intricada turma que enredou um bocado de gente boa…

Minha vida

Tudo que escrevo é pra você, minha vida, qualquer beleza que margeia meu caminho, aquele rock que escutei na adolescência, o livro de poemas esquecido no escaninho. Tudo que escrevo, minha vida, alegre ou triste, guarda em sua caixa de objetos sagrados, a mais doida incerteza que angustia, um alucinado sentimento de impotência, a mais…

Na rede

Gerana indicou este blog e outros 14 para o “Prêmio Dardos”. O selo foi criado para promover a confraternização entre os blogueiros. Quem recebe e aceita deve exibir a imagem do selo, linkar o blog do qual recebeu o selo e escolher outros 15 blogues. 1- Licuri 2- Blag 3- Aeronauta 4- Continhos para cão…

O louco

  Falava pouco, uma palavra, duas, mas dizia com os olhos frases inteiras, pura poesia. Um ano e meio sóbrio e, um dia, voltara aos velhos vícios, desarrumando a vida, tornando estar perto perigoso. Não era alegria, se dançava pelado na sala, pois seu corpo expelia um visgo que escorria venenoso. Ah, seu tonto, quanto amor…