Márcio, tô pensando… O que quero do “Madame”? Nada, não. Não quero ser descoberta por uma editora, nem parecer inteligente, nem preencher carências, nem angariar elogios. Fiz o blog na tentativa de me obrigar a escrever diariamente e, de certa forma, isso funcionou muito bem. O “Madame” é um caderno de rascunhos eletrônico. Pronto, achei a grande definição do blog. Um caderno de rascunhos eletrônico e público. É isso!

Anúncios