Hoje, tem lançamento do “Livros de Imagens” de Antonio Naud Júnior e de vários livros do extinto selo As Letras da Bahia, a partir das 17 horas, no Palácio Rio Branco (Praça Municipal). Serão lançados: “Capoeira de Angola como treinamento” (Evani Tavares Lima); “O velho coronel e outras crônicas” (Regina Oliveira), “Ruínas aladas” (Luiz Fernando Calaça); “Ari Barroso e a invenção do Brasil brasileiro” (João Edson Rufino), “A poesia em crise, a palavra em pânico, o espelho náufrago” (Jorge Lima), “Ao amigo desconhecido” (Lago Júnior), “A outra margem” (Idmar Boaventura); “As voltas do tempo” (Lucia Santori-Carneiro) e “Belas e feras baianas” (Doralice Alcoforado, póstumo). E, no sábado, às 18 horas, tem lançamento do livro do gaúcho Paulo Scott, “Ainda Orangotangos”, no pátio do Icba, numa parceria do grupo Corte, que é Wladimir Cazé, Lima Trindade, Katherine Funke, Sandro Ornellas e Gustavo Rios, com o pessoal do Remix-se.

Anúncios