Avós

Donana e Francisco Benvenuto, filhos de imigrantes, pais de minha mãe. A ela, dediquei um poema em “De volta a caixa de abelhas”, onde narro nosso primeiro/último/único encontro.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. Marcus disse:

    Que iamgem! É a própria representação do passado. Uma pintura do passado.

  2. maria sampaio disse:

    Pleonasmo eu dizer do quanto admiro/gosto das fotografias antigas. Agora, Kátia… nos dê o poema! Beijos, Maria

  3. A suprema delícia: avós!!!

  4. Francisca Bemvenuto Gabriades disse:

    Me chamo Francisca Benvenuto,minha avó Donana,somos parentse ,quem sabe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s