No clima dos blogs de Gusmão, Maria Sampaio e Aeronauta, publico aqui uma das raras fotos da minha infância. Saiu na capa do meu único livro. Na foto, eu, mamãe e minha irmã mais velha, Bárbara. Eu aponto com o dedo alguma coisa lá adiante. Minha irmã pensa numa traquinagem e dá um sorriso tímido. Mamãe, orgulhosa das crias, me abraça, temendo uma queda.

Anúncios