Primeiras lições

Foi debaixo da máquina de costura
de minha mãe que eu aprendi a ler,
juntando uma letra na outra
numa revista em quadrinhos.

Quando o som da sílaba era enigma,
minha mãe freava o cerzir, em sua Singer antiga,
e vinha pra perto de mim, ensinar como o s pode soar como z
ou como faz o eleagá quando se junta com o a.

Depois, saindo de carro, com meu pai,
pela cidade, eu ia olhando os cartazes
e lendo os anúncios gigantes e as placas
nas portas dos bares. E ele, admirado,
perguntava pra minha mãe:
– Como ela aprendeu tão rápido?

Quando comecei a ler de verdade
foi como se engatassem um trem veloz nos meus trilhos,
e ele corresse com vontade, descortinando paisagens,
levando-me ao meu destino.

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. Ari Coelho disse:

    Muito do lindo!!!

  2. Especial. Sabe como sou chegada num desaguar.

  3. Luís Antonio, o que sonha disse:

    Madame,

    Esse seu método de aprendizado das primeiras letras é também o aprendizado dos primeiros sons, primeiros significados, primeiros ritmos, portanto é a um só tempo o aprendizado da palavra e da poesia. Aprendizado que se perpetua. Desde sempre você é poeta.

  4. Luís adora me imitar: quem disse que Kátia é poeta desde sempre fui eu faz tempo.É brincadeira, Kátia, nós dois não estamos brigando pelo posto de quem mais te admira.Fazemos em conjunto coro de admiração e apaudimos. Imagine que já trocamos figurinhas hoje pelo telefone: elogios mil para este poema. Você precisava ter escutado!

  5. marcia disse:

    Saudade dessa prosa boa, dessa poesia gostosa do MADAMEK…
    Saudades da máquina de costura de mainha, que usávamos como se fosse pedal de carro.
    beijão…

  6. blag disse:

    Trem bão, esse. Imagens, palavras, ritmo, emoção, tudo. Poesia de primeira classe! Bj.

  7. Carlos Barbosa disse:

    Antológico. Abr. (carlos)

  8. aeronauta disse:

    Nesse novo formato posso, finalmente, comentar a beleza desse poema que tanto me emocionou. O outro não permitiu que eu comentasse (meu computador travava). Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s