Mania é coisa que a gente tem mas não sabe por que.
Mania de querer bem, às vezes de falar mal.
Mania de não deitar sem antes ler o jornal.
De só entrar no chuveiro cantando a mesma canção.
De só pedir o cinzeiro depois da cinza no chão.
Eu tenho várias manias, delas não faço segredo.
Quem pode ver tinta fresca sem logo passar o dedo?
De contar sempre aumentando, tudo o que diz ou que fez.
De guardar fósforo usado dentro da caixa outra vez.
Mania é coisa que a gente tem mas não saber por que.
Dentre as manias que eu tenho, uma é gostar de você.

(Manias, de Flávio e Celso Cavalcanti)

Anúncios