Vi umas fotos péssimas de Amy Winehouse em sites de fofoca. Há quem faça piadas. Penso em Janis Joplin, principalmente nos registros da passagem dela pelo Brasil, uns meses antes de morrer de overdose, aos 27 anos. As fotos de Joplin foram publicadas originalmente na revistra “Trip”. Ponho as duas lado a lado aqui no “Madame”. Não vejo nada engraçado no calvário de Amy. Sempre fui meio careta, mas pertenço a uma geração que consumia de tudo e aplicava até glucornegam nas veias. Muita gente boa que conheci ficou pelo caminho e outros lidam hoje com as conseqüências. Dizem, e é verdade, que sobrevivemos à adolescência. Amy já tem 24 anos. É hora de amadurecer para sobreviver.

Anúncios