Comecei a ler “Fama e Anonimato”, de Gay Talese. Ando engatando um livro no outro. Mal terminei “Bar Bodega – Um Crime de Imprensa”, de Carlos Dorneles, e peguei “Aos Meus Amigos”, de Maria Adelaide Amaral. A minissérie é bem melhor. Talese, então… Infelizmente, muita gente boa confunde jornalismo literário com ficção. E de péssima qualidade. Se eu fosse professora, minha primeira aula seria um filme: “A Montanha dos Sete Abutres”, de Billy Wilder.

Anúncios