Numa manhã de sábado

O segredo da felicidade estava o tempo inteiro na Bíblia. “A cada dia o seu mal”.  Hoje é um sábado incrivelmente ensolarado. Dirigi até o trabalho rezando silenciosamente. É que na sexta, ao pegar meu carro no estacionamento, vi um casal remexendo o lixo do prédio atrás de restos. E conversei com minha mãe sobre um tema que a inquieta muito, o envelhecimento. Nunca ouvi, ou vi, a minha mãe daquele modo. Nunca a compreendi tão completamente. Então, hoje, fui para o trabalho (numa manhã de sábado incrivelmente ensolarada), rezando silenciosamente e agradecendo. Por viver dignamente num país miserável. Por estar envelhecendo ao lado da  minha mãe.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. glaucia lemos disse:

    Aplausos, muitos aplausos, principalmente pela despretensão e simplicidade com que são colocados o sentimento de solidariedade diante da miséria alheia e a consciência do próprio privilégio existencial, e o sentimento filial profundamente afetivo.

  2. Ari Coelho disse:

    KATITA,

    Tudo certo que a gente começa a envelhecer no momento em que nasce. Mas, no caso em questão, você não está envelhecendo… está ficando mais sábia.

    Bjo,

    Ari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s