Quando já não podiam
suportar a lida
e abandonar o corpo
ao cansaço e a azia,
os escravos cantavam
simplesmente, e toda dor
partia, atravessando oceanos,
em navios de opressão e banzo.
Hoje, eu canto, como os escravos faziam,
quando já não podiam
suportar a lida
e abandonar o corpo
ao cansaço e a azia.

Anúncios