Matisse

Há uma mulher chamada nome
de quem o rosto desconheço,
sempre que chego dizem: “Oh, ela
saiu daqui agora mesmo”.
Ah, esta jovem senhora
sabe a aurora, tece com finos dedos
fios de ouro envelhecido, seus cabelos,
manto amarelo, e o universo inteiro cede
a um encantamento que ninguém consegue
nominar. Há uma mulher chamada espelho.
Anúncios