No tumulto do mundo

em
Foto: BBC Brasil
Ai, Senhor, quero ser simples. E tão banal
que até os passarinhos reconheçam
e, sem estranhamento, pousem perto.

Quero ser a que Deus quase esquece,
alma quieta sob o Seu comando,
apenas uma ovelha no rebanho que o segue.

Ai, Senhor, quero ser doce. E tão sutil
que nenhum som se mova em minha voz,
e que ela caia no ar com a leveza de uma folha.

Quero ser aquela de quem Deus não espera

nada de grandioso, o filho mais fraco
e amoroso, a quem Ele lança o olhar mais terno.

Ai, Senhor, quero ser simples e doce. E tão banal e tão sutil
que a violência jamais enxergue o meu rosto no tumulto do mundo.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Maria Muadié disse:

    Amém.

  2. Nilson disse:

    Sentimento religioso é isso. O resto é pompa e circunstância!!!

  3. Raiça Bomfim disse:

    ssss…

    lindo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s