O animal sem nome

em

Tenho lido e lido e lido “As Elegias de Duíno” e os “Sonetos de Orpheu”. A ponto de sentir falta deles na rua. Mais uma vez, a leitura me resgata da dor. Feliz, ou infelizmente, é nela que tenho me encontrado ainda a mesma menina que sonha com coisas. Me abrigado seria melhor, já que olho o céu azul e só vejo bombas caindo. Fora dela, da leitura, os dias cinzas de sempre, a confusão dos vôos, a violência estampada nos jornais, covarde, banal, inaceitável. E as vozes das pessoas. Dentro dela, a amplidão, o espaço aberto de quem indaga aos anjos, sem a pretensão de ser ouvido. Pior na guerra, dizem os cínicos. E eu rio. Tenho rido cada vez mais sem saber sequer de que sentido. Só para encerrar a conversa depressa e esconder a bunda nua, os seios nus, como nos sonhos em que se está em lugares públicos sem roupas. “As Elegias de Duíno” me conquistaram justo quando sinto me faltarem as forças. Grandiosas, elas acenam com asas sobre o abismo: Aqui há coisas ainda a serem conquistadas. O mesmo sonho, terrível como um anjo, e divino. E, nos “Sonetos”, o mesmo animal sem nome, que, amado, ganha uma forma visível.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Elcio Domingues disse:

    Pára com essa tristeza, moça, porque isso não leva a nada. Ela só pode nos afetar no tempo de um poema e nada mais que isso. Precisamos estar fortes e felizes, porque o mundo não mudará com o nosso sofrimento, mas poderá mudar com a nossa alegria, apesar de tudo o que nos agride. Somos maiores que tudo isso, sim.

    Publiquei outra sua lá e isso já me fez sorrir feliz de manhã.

    Bj.

  2. Franciel disse:

    Kátia, nos tempos sombrios, use sempre Rilke.
    Furto Chico e garanto: o Tcheco-austríaco é o melhor antídoto contra fel, moléstia e crime.

  3. Mônica disse:

    Kátia, repito aqui o comentário que fiz em outro blog: “eu amo aqueles que sofrem”. Este começo de inverno tem sido difícil para mim também, mas, dizem, tudo passa, e volta, e passa, e volta… Beijo para você, Mônica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s