em
Como era sentir saudade quando não existia orkut?
Quando não se podia “folhear” um fotolog?
Quando não era possível salvar uma foto para colocar no blog?
Como era mesmo sentir saudade?
Ao longo do ano, Mariana vai me ensinando
mais sobre determinação e coragem que sobre saudade.
Sobre saudade, eu vou aprendendo sozinha,
pobre fada madrinha sem varinha mágica.

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. paulo galo disse:

    katia, o mundo sem essas coisas não existia! é tudo uma grande ilusão coletiva, que nem a ida di homem à lua. o mundo tem pouco mais de 20 anos o resto é atavismo, são reminiscências de encarnações passadas!

  2. Kátia Borges disse:

    Há 20 anos, Paulo, eu tinha 19 anos e o mundo existia sim, como toda grandeza, ironia e crueldade. Falo aqui de sentimento, de saudade, e em sentido figurado.

  3. Nilson disse:

    O mundo só vai começar a existir daqui a uns 30 anos!!!

  4. Márcia disse:

    Katia,
    Estou morrendo de inveja. Eu também quero colocar som no meu blog…
    Quanta à saudade, tem umas que nem o orkut pode apagar

  5. Ives Röpke disse:

    A saudade é um troço estranho. Ao mesmo tempo bonita e triste, doída e necessária. Como o seu depoimento.

    Mari ficaria feliz em lê-lo. Menina especial, que a conjugação dos mistérios do mundo fez tão parecida em gênio e poesia com a mãe e a madrinha.

  6. Kátia Borges disse:

    Márcia, deu um trabalhão, mas agora tô fera. Se quiser, mando um e-mail ensinando. Bjs

  7. Kátia Borges disse:

    Nilson, essa coisa de o mundo existir ou não ainda vai nos deixar malucos. Eu acho que existe sim.

  8. Kátia Borges disse:

    Ives, que bom ver vc por aqui. Beijs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s