Quero um dia de sol pra pegar meu amor pelo braço
e sair num passeio pela Linha Verde, ouvindo Pato Fu,
Kid Abelha, “Qualquer Bobagem”, meu amor e um biquini de flores,
ar condicionado, calores, paisagem, sandálias modernas de couro.

Quero um dia de sol e de ouro pra pegar meu amor de jeito
e mostrar que o lugar mais perfeito é mesmo estar em movimento,
com essa sede de cerveja gelada, essa fome de caranguejos,
que o verão, como a vida, é passagem e o lirismo
é moldura pra imagens que constróem nossos sentimentos.

Anúncios