Samba!

Queria um samba! Algum que fossecomo os que aprendi na infância,ouvindo a minha avó cantarfeito Dona Ivone Lara, zunindonas colinas, com voz forte,de dentro da mais absoluta escuridão.Taborilando com os dedosnas pregas da saia, rindo commil dentes, enxergando as rimas,que saboreava na boca. Um samba agora,urgentemente, dentro de mim. Anúncios

Insano

Há um limite, creia, até para quem passeiana beira do precipício. Há um momentoem que até o mais pirado inventade se internar no hospício em busca de sossego.

No meio da rua

Essa é impagável. Uma doida parte pra cima da repórter Aline Castelo Branco e causa o maior tumulto. Tudo registrado pelas câmeras do Se Liga Bocão.

Retrato

Um dia, quando formosmais dos álbuns que de nós,juro, te conto do que eu rianaquela foto em Paquetá.Você nem me conheciaem detalhes como hoje,ainda não, mas eu sabia,eu sentia, ia durar.Uma cigana me disse,meses antes, “vai durar”.O hexagrama do I Ching, 17,“seguirá”. E eu, em sonhos, pressentia,coisa que nem Freud explica,aquele dia em Paquetá.

A saideira, garçom

Beber é pactuar com o demônio. Mas Deus manda seus anjos.São eles, os anjos, que gritam por nós de madrugada em ruas desertas.São eles, meninos, que nos guiam em segurança até nossas casas.Mas, de qualquer modo, é sempre bom apagar uma das velase deixar que a outra ilumine por completo a vida. Vai que um…

Um dia

Quero um dia de sol pra pegar meu amor pelo braçoe sair num passeio pela Linha Verde, ouvindo Pato Fu,Kid Abelha, “Qualquer Bobagem”, meu amor e um biquini de flores,ar condicionado, calores, paisagem, sandálias modernas de couro. Quero um dia de sol e de ouro pra pegar meu amor de jeitoe mostrar que o lugar…